Exibindo: 1 - 2 de 2 RESULTADOS
Casa

Passarinhos em seu jardim

Se você gostou da ideia de trazer pássaros para o seu jardim, vamos lhe dar algumas ideias de como fazer isso, fazer um comedouro para eles é um método muito eficaz, é claro que se você colocar um comedouro agora, não vão ser daqui a 5 minutos que os pássaros aparecerão, pode levar alguns dias, mas pode ter certeza de que eles virão.

E é claro que não podemos deixar de trazer ideias ecologicamente corretas, uma vez que estamos aqui lidando com a natureza. Depois que seu comedouro esteja pronto, você pode colocar alpiste, painço, este tipo de semente pode ser encontrado em quatro espécies o amarelo, o verde, o preto e o vermelho, coloque também aveia e outras sementes, na realidade, você precisa identificar quais são os pássaros que irão povoar seu jardim, para então procurar por sementes de acordo com o gosto dessas espécies.

Se você desejar colocar frutas, não se esqueça de que elas entram em deterioração com facilidade, por isso, coloque pequenas porções, e não se esqueça de proceder a limpeza do comedouro, pois quando a fruta começa a apodrecer muitos mosquitinhos se juntam, logo, você deve fazer a limpeza desse comedouro. As frutas mais comumente usadas são mamão, banana e maçã.

Não se esqueça de limpar o comedouro regularmente, afinal os pássaros caso estejam doentes, podem transmitir essa doença para os outros pássaros.Estamos trazendo para vocês alguns modelos simples, que encontramos na internet, que são fáceis de fazer, e você pode dar o seu jeitinho pessoal.

Temos aqui um modelo, onde você irá abastecê-lo um dia e poderá levar algum tempo até que precise abastecer novamente. As sementes vão sendo liberadas conforme os pássaros vão comendo, logo, podemos até dizer que é um modelo “automático”

Modo de fazer:

Pegue uma garrafa pet, faça um corte na tampa, que não seja muito largo, pois o interessante é que as sementes caiam de acordo com a necessidade, e não se derramem. Para fazer a base, utilize um prato para vasos, prenda a garrafa no prato, como você vê na foto. Você deverá fazer dois furos no fundo da garrafa, passe um arame para que você consiga suspender o comedouro, pois veja que, não é interessante que ele fique em lugares baixos, e sim, suspensos para que outros animais não consigam atingir as sementes, ou então no caso dos ratos, transmitam doenças para os pássaros que irão frequentar seu jardim.

Aí é só abastecer a garrafa de sementes, pendurar o comedouro e aguardar a visita dos pássaros e curtir esse momento maravilhoso!É interessante que os comedouros possuam uma cobertura para que a chuva não molhe as sementes.Você pode também pode utilizar uma caixinha de leite longa vida, para fazer um comedouro para pássaros.

Modo de fazer: Lave-a muito bem, recorte as laterais como aparece na foto, levante as abas da parte de cima e faça os furos onde passarão o arame que irão suspender a embalagem.Você pode também soltar sua criatividade, e fazer ótimos comedouros, e mais um detalhe, mesmo que você não possua um jardim, pode colocar um comedouro desses em sua varanda, e ter a visita dos ilustres visitantes.

Existem também os comedouros industrializados, que você pode comprar em lojas especializadas.Não se esqueça que se você for retirar o comedouro por algum motivo, não faça isso de maneira abrupta, pois uma vez que você alimenta os pássaros eles tendem a não procurar mais na natureza, tornando-os dependentes daquela alimentação.

Casa

Como fazer um poço artesiano

Para fazer um poço artesiano é necessário realizar uma avaliação hidrogeológica no local pretendido e solicitar uma outorga do estado para uso da água. O técnico e a empresa responsável pela avaliação e perfuração do terreno deverão realizar um orçamento, mas, antes de aceitá-lo, o proprietário deverá comprovar a qualificação destes profissionais. Eles devem estar cadastrados no CREA (Conselho Regional de Engenharia Arquitetura e Agronomia) e ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).

A medida e a profundidade do poço a ser perfurado definirá o tipo de equipamento a ser usado na perfuração. Poços com mais de 14 polegadas são considerados grandes e profundos, estes exigem uma sonda rotativa de perfuração. Já os poços com até 12,5 de polegadas podem ser perfurados com máquinas convencionais.

O proprietário do local deverá receber autorização para perfurar o poço caso não haja quaisquer impedimentos restritivos.

Restrições na perfuração de poços artesianos

Há uma lei em vigor desde 2007, Lei n. 11.445/2007, que estabelece sob quais diretrizes os poços artesianos podem ser perfurados, ela ressalta que, casas em regiões urbanas receptoras de abastecimento público e esgotamento sanitário não deverão receber permissão para perfuração de poços em seus terrenos. Esta lei visa proteger o meio ambiente da perfuração indevida e a contaminação humana pela água.

Também poderá haver restrição na perfuração de poços, em caso de determinação pelo técnico em geologia ou, pela empresa responsável por realizar o serviço.

Como manter um poço artesiano

A água dos poços artesianos devem ser submetidas a testes anuais para garantir a saúde das famílias e evitar uma possível contaminação por organismos nocivos ou, nutrientes em excesso. O nome que se dá a uma quantidade excessiva de nutrientes na água é “eutrofização”. Ela acontece, principalmente, através do escoamento de produtos químicos agrícolas, industriais ou domésticos, que podem se infiltrar no solo e contaminar as águas subterrâneas que abastecem o poço artesiano local.

 

O tempo de manutenção de um poço artesiano varia entre 1 ou 2 anos, depende do tipo de composição da água encontrada no local. Se a água encontrada for repleta de incrustações, ela poderá impedir a vazão pelos filtros devido ao acúmulo de sais minerais.

Mas também há casos de águas com alto poder de corrosão, e os poços feitos com canos de ferro galvanizado podem sofrer consequências, neste caso a manutenção deverá ser feita em períodos mais curtos de tempo.

Já a desinfecção da água dos poços artesianos deve ser feita com cloro ou bactericida comum. Existem colônias de musgos e bactérias que podem se desenvolver quando a água do poço fica exposta até certo nível, assim como acontece com as caixas d’água. A limpeza que fazemos nas caixas d’água também é similar.

Vantagens na Construção de Poços Artesianos

As famílias que moram em regiões afastadas da área urbana, chácaras, sítios ou fazendas, e portanto não possuem acesso às redes de abastecimento de água ou esgotamento, podem contar com os poços artesianos ou semi-artesianos para obterem água para suprir suas necessidades básicas.

Estes poços são mais práticos e rápidos de serem instaladas do que barragens e podem servir a uma pequena comunidade de pessoas. Quando há uma comunidade a ser favorecida o valor da perfuração ainda pode ser divido entre as famílias, o que faz o custo da perfuração cair bastante. Além disso, no futuro, não haverá taxas a serem cobradas pelo governo.

Caso você não consiga permissão para perfurar um poço artesiano no seu local, a melhor opção deverá ser adotar uma cisterna. As cisternas constam de poços profundos que podem captar água da chuva. Elas podem contar com bombas para trazer a água até a superfície ou encanamentos.